ROPPONGI - 970x250

Rhiad aparece entre os deputados estaduais que União Brasil deve eleger em 2 de outubro

O advogado está entre os três parlamentares que a legenda deve eleger, conforme análise do Instituto Ranking com base em pesquisa eleitoral

por Assessoria de Comunicação

Se as eleições para deputado estadual em Mato Grosso do Sul fossem nesta semana, o advogado Rhiad Abdulahad, candidato pelo União Brasil com o número 44333, seria um dos três parlamentares que a legenda deve eleger para a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul neste ano. Conforme análise do Instituto Ranking Brasil, com base na pesquisa feita com três mil eleitores, em 30 municípios do Estado, entre os dias 7 e 12 de setembro de 2022, o partido deve ocupar três cadeiras das 24 da Casa de Leis e, dessa forma, Rhiad seria o eleito, pois aparece na 2ª colocação dentro da sigla com 0,80% da preferência do eleitorado.

Ainda de acordo com o Instituto Ranking, a disputa entre os candidatos não é apenas entre os partidos concorrentes, já que, apesar de a soma dos colegas de partido ajudar no coeficiente eleitoral, só entrará para ocupar uma das 24 cadeiras da Assembleia Legislativa os que saírem na frente. Além de o partido precisar atingir 80% dos votos para fazer um deputado estadual com as maiores sobras do coeficiente eleitoral, o candidato mais votado do partido tem que obter no mínimo 20% para disputar uma das cadeiras.

“Recebi o resultado da pesquisa com otimismo, mas com os pés no chão. Afinal, apesar de estar bem colocado no levantamento, o resultado que vale é o do dia 2 de outubro e, por isso, tenho de continuar em frente, trabalhando para convencer os eleitores de Mato Grosso do Sul que sou um bom nome para deputado estadual em 2023. No entanto, estar entre os três possíveis eleitos pelo União Brasil mostra que minha candidatura está crescendo e consolidando a campanha limpa e propositiva que estou fazendo”, afirmou Rhiad, agradecendo ao empenho da sua equipe e aos eleitores do Estado que acreditam nos seus projetos.

Nesta pesquisa, encomendada pelo site MGS NEWS, o Instituto Ranking ouviu três mil eleitores, em 30 municípios do Estado, entre os dias 7 e 12 de setembro de 2022, sendo que o intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro máxima estimada é de 1,8 ponto percentual, para mais ou para menos. O levantamento foi registrado com os números MS-08953/2022, no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), e BR-00579/2022, no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Related Posts

Deixe um Comentário