ROPPONGI - 970x250

Rhiad apresenta propostas no distrito de Nova Itamarati e na cidade de Ponta Porã

Candidato a deputado estadual pelo União Brasil, o advogado também fez carreata e adesivagem de veículos

por Assessoria de Comunicação

Candidato a deputado estadual pelo União Brasil com o número 44333, o advogado Rhiad Abdulahad visitou, nesta quinta-feira (1º/09) e sexta-feira (02/09), o distrito de Nova Itamarati e a cidade de Ponta Porã para apresentar suas principais propostas na disputa pelas 24 cadeiras da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. No distrito de Nova Itamarati, Rhiad fez reuniões políticas, promoveu adesivagem e ainda fez uma carreata pelas ruas da localidade, enquanto na cidade de Ponta Porã ele também fez reuniões políticas e comandou um adesivaço ao lado da sua mãe, a vereadora ponta-poranense Neli Abdulahad, que é candidata a deputada federal pelo União Brasil.

Segundo o candidato a deputado estadual, as duas visitas foram muito produtivas, pois possibilitaram que os eleitores do distrito de Nova Itamarati e da cidade de Ponta Porã conhecessem melhor suas propostas. “Foi possível demonstrar aos eleitores que minha intenção é conquistar uma vaga na Assembleia Legislativa para fazer uma política de renovação, de muito trabalho e de muita competência, explicando o que é preciso fazer para termos mais empregos, mais renda, mais saúde, mais segurança e mais educação”, declarou.

Na reunião em Nova Itamarati, Rhiad focou na questão de melhoria da infraestrutura para os moradores e melhoria das condições da saúde pública na localidade. “Como um todo, a saúde de Mato Grosso do Sul precisa avançar, mas, como vai fazer isso? Com trabalho, colocando gente para cuidar de gente. Não adianta construir um mega hospital e não ter profissionais suficientes para trabalhar nele. Quero a regionalização da saúde para desafogar as unidades hospitalares das nossas maiores cidades”, reforçou.

Já na cidade de Ponta Porã, onde fez um adesivaço no Parque dos Ervais no período noturno, adesivando mais de 160 veículos e sob uma forte neblina, o candidato lembrou que a pobreza aumentou em todas as cidades de Mato Grosso do Sul. “O número de pessoas do Estado que vivem muito abaixo da linha de pobreza cresceu muito. Temos de olhar para essas pessoas, essa é a função dos políticos, cuidar da nossa gente, lutando por melhorias nos programas sociais, na saúde e também na segurança pública, já que a região de fronteira enfrenta tanta violência”, finalizou.

Related Posts

Deixe um Comentário