ROPPONGI - 970x250

Com perspectiva de atrair 40 mil turistas, Black Friday Fronteira é lançada com apoio da Fecomércio MS

A edição 2022 será realizada entre os dias 8 e 11 de setembro em Ponta Porã e, em Pedro Juan Caballero, entre 07 a 11 de setembro

por Vinicius Bracht

Foi lançada nesta terça-feira, 09 de agosto, em Campo Grande, a Black Friday Fronteira 2022, ação realizada pela ACEPP (Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã) e a Câmara de Comércio de Pedro Juan Caballero, com apoio da Fecomércio MS. A solenidade foi no Senac Turismo e Gastronomia e contou com a presença do presidente do Sistema Comércio, Sesc, Senac e IPF-MS, Edison Araújo; do presidente da Câmara de Indústria, Comércio Turismo y Servicio de PJC, Khalil Mansour El Haje e da Presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã, Fabricia Dias Prioste de Freitas, além do diretor-superintendente em exercício do Sebrae, Tito Estanqueiro.

Após dois anos de interrupção, devido à pandemia, a edição 2022 será realizada entre os dias 8 e 11 de setembro em Ponta Porã e, em Pedro Juan Caballero, entre 07 a 11 de setembro. A coordenação estima que a ação deva levar ao menos 40 mil turistas às cidades fronteiriças entre Brasil e Paraguai, movimentando US$ 30 milhões em negócios.

Os descontos para quem for às compras durante a ação promocional devem chegar a 50%. Ao todo, 150 lojas devem participar e estarão devidamente sinalizadas.

Para esta edição, um diferencial, segundo Fabrícia Prioste, serão as ações culturais com gastronomia local e artesanato típico, além de apresentações musicais e dança. As ações serão concentradas na rua Tiradentes.

O presidente do Sistema Comércio ressalta a importância de apoiar a ação que se reverte em benefícios para toda a economia e também à população. “Ao mesmo tempo em que as pessoas podem acessar produtos com preços promocionais, toda a cadeia de comércio e serviços se favorece do grande fluxo de pessoas, movimentando a rede hoteleira, a gastronomia e assim por diante. Também ajuda o comerciante a ter fluxo de caixa  e  se a preparar para as vendas de final de ano”.

Tito Estanqueiro falou sobre a importância da parceria em prol da movimentação econômica na região de fronteira. “Apesar de serem dois países o propósito é o mesmo”. Também falou sobre atuação do Sebrae e Senac na qualificação de gestão e mão de obra, respectivamente.

O presidente da Faems destacou a importância de as cidades fronteiriças crescerem juntas. “Sou um eterno defensor de união”.

Related Posts

Deixe um Comentário